5 dicas para proteger a pintura do calor e chuvas de verão


everest noticia desmanche vila

Confira algumas orientações da fabricante de tintas PPG para aumentar a durabilidade da pintura do veículo

Cuidado com o excesso de polimentos e até aplicação dos produtos. O verniz pode enfraquecer e expor a pintura

RESUMO

  • Pintura do carro ou moto tem a função de proteger a lataria dos ataques químicos
  • Polimento frequente da carroceria pode acelerar o desgaste da pintura
  • Lavagem deve ser feita com produtos específicos e seguida da secagem do veículo

A pintura da carroceria tem como função proteger a lataria dos veículos dos efeitos dos ataques químicos e por isso mesmo sofre bastante nestes meses de sol forte e chuvas de verão.

Justamente para garantir que esta camada protetora mantenha o seu bom aspecto por mais tempo — e também para manter o carro valorizado em caso de revenda — é importante tomar alguns cuidados básicos para a preservação.

Confira a seguir algumas dicas do gerente técnico da Divisão de Repintura da fabricante de tintas PPG, Ricardo Vettorazzi, para melhorar a proteção da pintura do seu automóvel.

1-Escolha bem onde estacionar

Um espaço coberto e com sombra geralmente é o melhor lugar para deixar o seu carro estacionado em um dia de sol e calor, já que evita a incidência direta das intempéries.

Mas não é toda sombra que vale. Fique atento se não existe o risco de possíveis contaminações, como a queda de seiva de árvore ou até névoa de tinta, causada por alguma pintura em grades e portões.

2-Use uma capa

Capas são bem úteis nos casos em que o veículo fica parado por um período maior de tempo, já que protegem justamente contra os efeitos de agentes externos, como os citados no tópico acima.

Mas é fundamental que seja escolhido um modelo próprio para uso em carro ou moto e de acordo com o local em que o veículo vai ficar estacionado. Se o carro ficar exposto em local sem cobertura, por exemplo, invista em uma capa impermeável. Vale destacar que antes de vestir a capa é importante lavar e secar o veículo.

3-Produtos certos

Não invente receitas caseiras e nem utilize solventes ou gasolina para limpar a carroceria do veículo. A higienização da pintura deve ser feita sempre com produtos específicos, de pH neutro, que não atacam o revestimento.

No caso de eventual queda de produtos de limpeza ou qualquer outro material (em particular, fezes de aves), é importante lavar a área afetada imediatamente com água, secando a lataria para evitar o acúmulo de novas sujeiras e manchas.

4-Cuidado excessivo

Até o cuidado excessivo com a pintura pode ser prejudicial. Fazer polimentos constantes, por exemplo, acaba afetando a resistência do revestimento, já que é retirada uma camada do verniz protetor.

"Se utilizado com frequência, o polimento não ajuda tanto na conservação da pintura ou repintura quanto se imagina. E esse cuidado vale para veículos de todas as cores, inclusive brancos", afirma o gerente técnico da PPG.

5-Reparo bem feito

Caso seja necessário reparar a carroceria do veículo, certifique-se de que a oficina escolhida tem boa capacidade técnica e utiliza materiais de qualidade.

Um reparo mal feito pode resultar até na aceleração da corrosão da carroceria. Além do uso de bons materiais, aplicados com as técnicas corretas, a conservação da limpeza do ambiente também contribui para a prolongação da vida útil da pintura ou repintura.

Fonte: undefined - iG @ https://carros.ig.com.br/2021-02-17/veja-5-dicas-para-proteger-a-pintura-do-calor-e-chuvas-de-verao.html